Um passeio pelo Falando em Agile

Acabo de voltar do Falando em Agile! O evento foi muito bom, com a participação de grandes nomes do movimento Ágil. Tentei levantar os principais pontos do evento.

David Anderson fez o Keynote de abertura levantando pontos importantes sobre agilidade:

  • Manter qualidade alta em tudo que for feito. Para isso muitas vezes temos que fazer as coisas com calma e ter o tempo certo para fazer a coisa certa.
  • Tentar limitar o WIP (work-in-progress) usando kanban
  • Equilibrar a demanda com a saída, ou seja, não colocar mais trabalho do que a equipe é capaz de produzir (de novo, kanban, processo pull e não push)
  • Aprender a priorizar, alinhado com o plano estratégico

O Danilo Sato e o Francisco Trindad, da ThoughtWorks lembraram o cuidado que devemos ter em querer sempre manter a velocidade do time. A velocidade deve ser usada com sabedoria e o time não deve ser cobrado nem pode ter sua performance medida somente pela velocidade. Ela é apenas um indicador que deve ser usado para feedback. O importante é se comunicar muito bem e entender sempre o que está acontecendo de fato. Eles também disseram: quem quiser ser ágil em desenvolvimento de software e só se focar nos processos gerenciais, mais cedo ou mais tarde vai falhar. É preciso ter foco na programação, no código. No final do evento o Phillip Calçado deu uma palestra muito boa e enfatizou muito a importância do código.

Outra coisa que disseram várias vezes é que ser ágil é sempre questionar o que está sendo feito, procurando o tempo todo oportunidades de melhoria. Quem disser: “nós somos ágeis, fazemos o processo perfeito e não precisamos mudar” está acomodado e não é ágil. XP Estático não é XP. XP é evoluir sempre (dito pelo próprio Kent Beck). O que importa muito é o contexto. Temos sempre que avaliar o contexto em que estamos e aplicar a melhor solução para esse contexto específico.

O Danilo disse: “estamos fazendo todas essas práticas, mas está claro POR QUE estamos fazendo?”. Quais são os princípios por trás das práticas. As pessoas PRECISAM saber porque fazem desse forma, precisam entender os princípios.

O Guilherme Chapiewski (GC) deu uma palestra muito legal sobre liderança ágil. Não pude assistir até o fim mas anotei alguns pontos que achei muito importantes. Nos princípios de liderança ágil, o líder deve:

  • Ser útil
  • Estar presente
  • Dar o melhor de si e ser autêntico
  • Saber construir uma comunidade e uma cultura
  • Prestar atenção
  • Ter paixão pelo que faz

Suas atitudes devem:

  • ser exemplos a serem seguidos
  • fazer com que as pessoas tenham iniciativas
  • estar alinhadas com as espectativas do negócio
  • ser tolerante
  • oferecer as ferramentas necessárias para as pessoas trabalharem melhor

Gostei muito do evento, principalmente pela oportunidade de ter conhecido várias pessoas que eu conhecia pelos blogs. Gostaria de agradecer ao Alexandre Magno e ao Paulo Silveira da Caelum pela oportunidade de, junto com o Fabio Kon, ter apresentado a palestra sobre Padrões para Introduzir Novas Idéias.

Pra seguir o costume, fiz um vídeo, passeando por lá.

4 Comments Um passeio pelo Falando em Agile

  1. Luiz Faias Jr

    Fala Daniel,

    Parabéns pela apresentação. Você falou bem e mostrou boas dicas pra quem precisa introduzir metodologias ágeis nas empresas.

    Nos vemos no InfoQ Brasil.

    Abraço!

  2. Ricardo Mitrano

    Olá Daniel!

    Foi ótima sua apresentação. Parabéns. Você disse que tinha um material, como o resumo do livro “Fearless…”. Algo além dos slides que exibiu. Onde conseguimos este material?

    Uma dica seria tentar incluir uns cases na sua apresentação. Algo prático onde um padrão tenha sido usado.

    Valeu!

    Ricardo

  3. Daniel Cukier

    Ricardo, valeu pela dica. Outras pessoas me falaram a mesma coisa e vou seguir o conselho para as próximas apresentações. Mais material pode ser obtido no site da agilcoop

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *