Domain Driven Design em Teatro

Apresentamos hoje na Agile Brasil a peça de teatro sobre “Domain Driven Design”, com algumas melhorias desde a última versão. Quem quiser, pode conferir o roteiro aqui. Mais uma vez, fizemos uma música bacana, um Xote! Segue a letra da música e abaixo o roteiro, que está no git:

Xote do DDD

Sou consultor, estrategista sou doutor
Te pergunto seu cliente:
quem é teu fornecedor?
Se não existe tua sina é conformista
Dessa equipe a minha vista
Tu depende sim sinhô

Dê Dê Dê
Não resolve os problemas,
Mas ajuda a entender

Dê Dê Dê
Só clareia as perguntas
que você vai responder
Continue reading

Pensamento e Aprendizado Eficiente – Desvendando o Cérebro Humano

Sábado eu dei uma palestra de 20 minutos no 4o. Locaweb TechDay. Gostei muito de ter explorado esse tema. Muitas das ideias foram baseadas no livro Pragmatic Thinking And Learning, do Andy Hunt, misturado com minhas experiências pessoais. Confesso que tenho muitas outras coisas a respeito desse mesmo assunto que eu ainda quero falar. Façam seus comentários para me ajudar!

Pensamento e Aprendizado Eficiente – Desvendando o Cérebro Humano from Locaweb on Vimeo.

Dojo, feedback e teatro fórum

Há um tempo tivemos na empresa um treinamento sobre Feedback. Uma das atividades da tarde foi criarmos encenações onde o líder deveria conversar com um subordinado e dar feedback sobre um determinado acontecimento (i.e. não cumprimento de meta, comportamento inadequado, etc.). Duas coisas estavam sendo trabalhadas: de um lado o “ator” no papel de líder estava simulando uma situação real e aprendendo a lidar com situações difíceis do dia-a-dia de forma lúdica. Do outro estava a platéia, que podia (se) observar de fora. Continue reading

O Teatro na Computação

No ano de 2000, pela iniciativa do Prof. Valdemar Setzer, foi criado no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP) um curso de Leitura Dramática para alunos de ciência da computação. Desde 2003 a disciplina tornou-se parte do currículo dentre as optativas do curso de computação. Cerca de 30 alunos se matriculam por semestre na disciplina, ou seja, cerca de 500 alunos “computeiros” já participaram dessa vivência.

Os alunos do curso já fizeram mais de oito montagens teatrais, com o auxílio da Professora Jolanda Gentilezza. Estudantes de computação são obrigados a conviver com verdades absolutas, provadas matematicamente. Essa overdose de lógica e digitalidade contribui para afastar os “hackers” do contato com sentimentos, relações interpessoais. O teatro tem o papel de equilibrar o pensamento lígico com o lado analógico e imprevisível do ser humano. Continue reading

Já pensou em arte hoje?

Certo sábado escrevi no quadro branco da equipe os seguintes dizeres:

JÁ PENSOU EM ARTE HOJE?

– música
– dança
– pintura
– escultura
– poesia
– teatro
– cinema

Usei o padrão “No Seu Espaço” do livro Padrões para Introduzir Novas Idéias. Queria deixar visível uma idéia. A idéia de usar arte dentro do ambiente de desenvolvimento de software. O curioso é que na segunda-feira, os dizeres não estavam mais no quadro. Alguém tinha apagado. Por já conhecer os padrões “A Última Maioria” (último grupo de pessoas a aceitar uma idéia nova) e “Retardatários” (grupo que nunca aceita, ou que aceita forçadamente), não me incomodei em ser impedido de expressar o que queria. Afinal, o padrão “O Suficiente” diz para respeitar o tempo de aceitação das pessoas. Uma informação de cada vez. Quem viu a mensagem viu. Continue reading